A primeira viagem ao exterior em 7 passos

Viagem-a-londres

Não deixe a ansiedade estragar seus planos de viagem internacional

Quem nunca sonhou em sair do país, atravessar os mares ou mesmo ultrapassar cordilheiras? Conhecer uma nova cultura, pessoas, comidas e paisagens se tornou algo mais corriqueiro entre os brasileiros nos últimos anos. Cada vez mais pessoas fazem sua primeira viagem internacional e em um momento de tanta empolgação como esse é preciso pensar e agir com cautela. Confira aqui, um passo a passo para lidar com os primeiros procedimentos de uma viagem ao exterior, planejamento e checklists nunca são demais para grandes aventuras.

1- Antes de tudo: passaporte

O básico para ir para o exterior é providenciar o passaporte, que é o principal documento de identificação do viajante estrangeiro. Em três países da América do Sul o passaporte não é exigido, apenas o documento de identificação para turistas brasileiros é solicitado, esses destinos mais acessíveis são Argentina, Uruguai e Chile. Depois de passaporte em mãos, o próximo passo é verificar se o país pretendido exige que você tenha o visto perante o consulado do destino de viajem.

2- Você saberá se comunicar?

            O ideal é que pelo menos você saiba o básico do idioma do país. Invista em aulas ou treinos de expressões muito utilizadas em viagens, como frases de localização e direção, sentenças que envolvem compras de produtos e apresentações. Caso o idioma seja muito diferenciado, é interessante ter pelo menos o inglês, considerado uma língua universal, como carta na manga.

3- Informe-se sobre o país

            Hoje com a internet não há desculpas para não fazer uma pesquisa sobre o seu local de destino. Conhecimento sobre o fuso horário prepara psicologicamente e evita um choque no seu funcionamento biológico. Também é necessário checar qual clima o país terá para que você leve as roupas adequadas. Caso seja uma pretensão comprar roupas no local, é preciso ter em mente que os tamanhos no Brasil podem ser diferentes dos padrões no destino visitado. Além disso, verifique como é o procedimento para fazer ou receber uma ligação de um país para outro, procure saber quais os códigos de onde viajará e, principalmente, se a sua operadora de celular funciona onde pretende ir.

4- Cuide de sua saúde

Alguns países exigem dos viajantes o Certificado Internacional de Vacinação. Para conseguir este certificado, você deve procurar o Centro de Orientação para a Saúde do Viajante da Anvisa, e levar o Cartão Nacional de Vacinação mais um documento de identificação, como carteira de Habilitação ou RG. Importante lembrar que muitas vacinas demoram alguns dias para atingir o nível de proteção adequada e, caso, isso não seja cumprido, você pode ser impedido de entrar em algum país.

Outro cuidado importante em relação à saúde é a contratação de um seguro viagem, nunca se sabe quando vai precisar de uma assistência médica ou resolver algum imprevisto jurídico, assim, é ideal garantir sua tranquilidade em terras distantes da sua. Além de garantir uma preocupação a menos, o seguro viagem também pode ajudar a economizar, já que os gastos com saúde no exterior costumam ser muito altos.

5- Antecedência sempre

            Compre passagens o quanto antes, isso pode ajudar a economizar uma quantia enorme. Procure hotéis e pesquise casas de câmbio com antecedência, o valor pode variar dependendo do local em que você for. Faça sua mala com calma e tenha tempo para isso, assim você evita deixar algo importante. Por fim, sai de sua casa também com antecedência, é importante se prevenir de qualquer situação, afinal, você não vai querer perder o voo depois de tanto planejamento, certo?

6- Aperte os cintos, lá vamos nós

Durante o voo, fique calmo. Lembre-se de que o avião é um dos meios de transporte mais seguros. Caso seja seu primeiro voo, não deixe de observar a vista, não tem como não se impressionar! Além disso, geralmente o jantar ou almoço servido é de excelente qualidade, portanto relaxe e divirta-se.

7- Pisando em solo estrangeiro

Ao chegar ao seu destino, prepare-se para enfrentar uma boa fila da imigração. Alguns países são bem rígidos e as autoridades locais poderão te fazer uma série de perguntas, portanto mantenha sempre a calma. Todos esses procedimentos são padrão, então é só cumprir com aquilo que é solicitado, apresentar todos os documentos e, enfim, aproveitar os atrativos do país tão esperado para ser conhecido.